terça-feira, 25 de maio de 2010

Genérico - Caso Camila Montenegro : As (IN) tensões da mente

video

Ambição - Projecto - Concretização : CRIMINOLOGIA

Chegamos assim ao final de mais um ano lectivo e, por este motivo, à conclusão deste projecto que abraçámos com o maior interesse e dedicação. Ficam todos os momentos de aprendizagens, todos os momentos que, em conjunto, partilhámos com o intuito de crescermos juntos nesta temática e neste projecto e fica, acima de tudo, o enriquecimento e os laços que criámos com todos os que contribuiram para o sucesso deste projecto. Um muito obrigado mais uma vez à Enfermeira Mariana Campos, à Prof.Dr.ª Ana Paula Almeida, à Polícia Judiciária de Coimbra, à Delegação do Centro do Instituto Nacional de Medicina Legal, à Professora Coordenadora da Área de Projecto Maria Janeiro Fonseca e a todos os nossos colegas que colaboraram na filmagem de "Caso Camila Montenegro - As (IN)tensões da mente" ou participaram nas actividades promovidas por este grupo.
Nove meses depois do início deste desafio congratulamo-nos com o facto de o termos como cumprido e de termos atingido todos os objectivos a que nos havíamos proposto. Somos, agora, seres mais completos e mais capazes de enfrentar os novos passos que se avizinham com um sentido de autonomia, empreendimento e pro-actividade adquiridos.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Visita ao Instito Nacional de Medicina Legal

No âmbito do tratamento do corpo enquanto "objecto", no seguimento da investigação criminal, o grupo procurou aceder ao Instituto de Medicina Legal. Esta possibilidade concretizou-se no dia 7 de Maio.
O grupo participou numa sessão de esclarecimentos, juntamente com alunos do ensino básico (motivo pelo qual nãohouve o visionamento de uma "autópsia").
Os esclarecimentos iniciaram-se por uma breve contextualização relativa ao modo de funcionamento e respectivas actividades dentro do instituto. De seguida alguns palestrantes cederam-nos informações de foro biológico-criminal, atravessando conteúdos como Genética, Biologia e Toxicologia Forense e tratamento de cadáveres.
É unânime o enriquecimento que a visita produziu no projecto: através da nossa presença na instituição o grupo alcançou não só os objectivos estipulados para a visita como, também, reforçou as conclusões das pesquisas efectuadas e ainda motivou os elementos para a exposição final.

terça-feira, 13 de abril de 2010

Genética Forense/DNA Forense


É uma Área Científica na qual, através de técnicas e conhecimentos sobre genética e biologia molecular, se presta auxílio à justiça para se desvendarem crimes. O objectivo principal esta área é identificar indivíduos através do perfil de DNA sendo recorrente no processo de investigação criminal uma vez que encerra um enorme poder discriminatório e estabilidade de identificação genética em função da: Exclusividade, Invariabilidade e Estabilidade. Na análise dos indícios recolhidos é feita: a extracção de DNA de células nucleadas, a quantificação do DNA, a análise comparativa entre o perfil genético da amostra biológica e o perfil genético das amostras de referência colhidas nos intervenientes e os cálculos estatísticos com recurso ao princípio de Hardy-Weinberg. O nível de sofisticação atingido pelos laboratórios permite determinar a composição e a origem de cabelos, tecidos, suor, sementes e até pólen de plantas encontradas na cena do crime – evidências úteis para descobrir os lugares por onde a vítima passou.